• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Diário de Bordo: Dia do Rei e Vondelpark

28.04.2017

Quinta-feira, 27 de Abril... Aniver do Rei

 

Bem, na minha programação, tinha reservado a quinta-feira para ir na cidade dos moinhos, tinha deixado o “Day off” para sexta-feira, último dia em Amsterdam e tals, masss, como fiquei sabendo da tal festa do Dia do Rei, que é o maior feriado da Holanda, resolvi ficar por aqui para ver qual é.

 

O dia começou como todos os outros, acordar cedo, tomar aquele café reforçado no hostel e bater perna.

 

 Bonitinho, vai?!

 

Durante a manhã, a cidade já estava bem movimentada, passei por algumas feirinhas de rua e a galera já estava usando as tradicionais roupas e os acessórios na cor laranja. Dei uma volta pela Museumplein, a Praça dos Museus, dos famosos museus Van Gogh e o Rijksmuseum, onde que tem aquele letreiro “I Amsterdam”, que hoje estava meio impossível tirar uma foto decente, pois estava lotaaaaaaaaado, feriado né, amores? rs

 

Rijksmuseum

Rijksmuseum e o letreiro lááá atrás

 Van Gogh Museum

 De boas na Praça dos Museus

 

 

12:16 – Tô aqui caminhando com o bloquinho na mão e escrevendo (quero ver conseguir entender as anotações depois rs) e a cada passo que dou, fico ainda mais encantada. É tudo tão diferente... Todas essas construções, essas casinhas que se parecem com castelinhos, tudo de tijolinho, janelões, o teto em forma de triângulo... Eu não sei bem que lugar eu estou especificamente, mas é perto da Praça dos Museus, resolvi me perder por aqui um pouquinho, dizem que é assim que se conhece o local. Só tenho que ficar atenta com as bicicletas, ou melhor, com os ciclistas, as magrelinhas não têm culpa, e aqui, se der bobeira, os ciclistas atropelam mesmo. Eles mandam em Amsterdam, são milhares!! Outra coisa incrível são as flores, cada cantinho que você olha, lá estão elas, colorindo o ambiente, principalmente as queridas tulipas <3

 

 Amo <3

 

Andando, andando, andando, dei de cara com o Vondelpark, que hoje está cheeeeio, tem muitas atrações por aqui, por causa do Dia do Rei.

 

 Vondelpark

 

E olha só isso que legal. Quando você encontra algo no chão, você coloca ali para a pessoa que perdeu encontrar (será que funcionaria no nosso querido Brasil?!)

 

 Legal, né?!

 

12:42 – O Vonderpark está lotado mesmoo, muita gente, tem de tudo, tem músicos espalhados por todos os cantos, tem o mercado de pulga, que é quando os moradores vendem as coisas que não usam mais, tem brincadeiras, como por exemplo, você pode jogar ovo na cara do coitado do cidadão.

 

 

13:09 – Parece que estou num filme... Estou vivendo um dia tão importante para os Holandeses, as criancinhas com os rostinhos pintados com as cores da bandeira, várias pessoas vendendo coisas, até as crianças vendem, a maioria vende docinhos ou brinquedos, livrinhos ou estão fazendo alguma apresentação musical. Uma mais fofa que a outra.

 

 

 

13:55 – Deu uma fominha... Ai passei por uma barraca que tinha bastante movimento para comprar uma friturinha inocente, acho que era da cozinha iraniana, só para poder caminhar mais um pouco.

 

P.S. Agora fiquei com aquele cheirinho gostoso de fritura... Tudo bem, não vim aqui para arrumar gatinho mesmo.

 

P.S 2 Comprei um casaquinho branco, peludinho por 1 euro. Mercado de Pulga é muito amor <3

 

P.S 3 Encontrei outros dois casacos lindos e quentes que vocês não vão acreditar o preço que paguei. E eu estava mesmo precisando de casaco.

 

 Com cheirinho bom de friturinha rs

 

Tive sorte de estar aqui no dia do Aniver do Rei. Sorte mesmo, pois é muito legal. Muito mesmo. Tá todo mundo na rua, galera animada. Que tradição, que cultura bacana essa!! Tô achando o máximo!! E ainda, depois de caminhar mais um pouco, dei de cara com uma super festa pelos Canais. Amsterdam toda está em festa, mas aqui está beeeem animada e regada a cervejas. Tô aqui sentadinha em um dos banquinhos na margem do canal maravilhada com a alegria desse povo, os barcos cheios de gente, pelas ruas também e muita música animada.

 

 Festa nos Canais de Amsterdam

 

 

3 e pouco da tarde – Voltei aqui no hostel, deixei o celular carregando e estou aqui, na mesinha do restaurante/bar do Stayokay, esperando meu almocinho. Trabalhei um pouquinho e voltei para a rua, vim procurar o banco verde famoso do filme “A culpa é das estrelas”! Achei e estou aqui sentada, onde a Hazel e o Gus estiveram, observando a festa dos holandeses. P.S. li que o banco original do filme “sumiu”, parece que foi coisa dos próprios moradores mesmo, mas aí a prefeitura colocou outro rs.

 

 O banco verde do filme "A Culpa é das Estrelas"

 

Ah, eu até queria ir dar uma volta para conhecer a Red Light, mas desisti no meio do caminho, pois estava ficando tarde e o povo nas ruas já estava com muita “gelada” na cabeça. Voltei para o hostel, trabalhei mais um cadim e bora nanar, pois amanhã o dia será cheio!

 

Até a próxima!!

 

Beijos,

 

Simone Malagoli

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja também

Please reload