• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Zaanse Schans e seus Moinhos

29.04.2017

Nesse passeio eu não usei meu bloquinho para escrever, pois fui com uma nova amiga, a Vera (é carioca e eu a conheci na excursão para Bruges) e aí como as duas falavam pra caramba, duas matracas, não sobrou muito tempo para fazer minhas anotações, mas está tudo aqui na memória.

 

Acordei cedo, naquele horário básico de 7 da manhã, desci para o café, me arrumei, mandei mensagem para a Vera, peguei o Tram (pela primeira vez, e é com “a” mesmo, não escrevi errado rs) até a Centraal (com dois “as” mesmooo). E lá foi difícil encontrar a Vera... E, por conta de alguns “desencontros”, acabamos comprando tickets de ônibus e não de trem, como eu havia planejado para essa viagem. Lá na Centraal, se você optar por ir de Trem é no portão 7b, no sentido Alkmaar. Pelo que eu tinha me informado, demora uns 25 minutos e depois você tem que caminhar mais uns 10 minutos. De ônibus levamos em torno de 40 minutos (ele sai ali da Centraal mesmo, é o número 391 da Conexxion) e te deixa beeem na frente da parte turística de Zaanse Schans. De frente para os Moinhos <3 Acho que compensou mais :)

 

 Dentro do Tram

 Direção para o portão 7b

 

Repetitivo eu sei, mais eu fiquei ENCANTADA logo na entrada. É tudo tão bonitinho, tão charmosinho, tudo tão diferente do que eu vejo diariamente, que me sinto dentro de um filme, de um livro. Como eu amo essa sensação.

 

 Logo na chegada

 Lindo, né?!

 Os tradicionais tamancos

 

Fomos andando pelo caminho dos moinhos e logo paramos para comer. Era um café super aconchegante. Eu pedi algo com salmão e pão. Fiquei curiosa. Quando a mocinha do café trouxe, era um pão redondinho, fofinho, com salmão meio tostadinho com maionese dentro do pão. Nunca tinha visto essa combinação, mas é bem gostoso.

 

 Pela janelinha do café

 Zaanse Schans

 Cabrinhas amiguinhas

 Fábrica de queijos holandeses

 

Depois visitamos um dos moinhos que ainda está em funcionamento. O de fabricação de óleo. Para entrar nesse tem que pagar, mas é bem baratinho. E vale a pena. Assistimos um filminho de como funciona, mas o próprio homem do filminho estava ali “em carne e osso” trabalhando. Tão bonitinho.

 

 O "tio" trabalhando

 Escadinhas que dão acesso à parte superior do Moinho

 Moinhos e Tulipas <3

 

 Alguns pequenos vídeos

 

Aiii, depois, foi a vez de andar por entre as casinhas. Gente, que coisa mais linda!! Queria muito morar em uma casinha assim, meu sonho! Cada passo um gritinho de “ai, que coisa mais liiiindaaaaa!” Vou dizer uma coisa pro cês, como eu não tinha pesquisado tanto sobre essa cidadezinha, ela me surpreendeu muito. Então, se estiverem em Amsterdam, não deixem de conhecer Zaanse Schans!! É cenográfico! Parece pintura.

 

 Tão lindo!

 Entrando na "minha casinha"... Sonho!

 Não parece casinha de boneca?!

 Pintura!

 

 Mais amiguinhas

 

 

Ah, e finalizamos com uma panqueca de nutella deliciosa do Di Kraai, que fica bem pertinho da entrada/saída. Recomendo!!

 

 Di Kraai

 

Beijos e até a próxima!!

 

Simone Malagoli

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja também

Please reload