• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Londres – Parte 1

12.05.2017

Londres, 12 de Maio de 2017...

 

O relógio aqui do aeroporto Heathrow está marcando 11:30 PM... Tenho uma noite longa pela frente até o horário do voo que me leva de volta para casa (um dos voos, né?! Pois teremos paradinhas em Amsterdam e outra em São Paulo). Bem, essas são as últimas horinhas aqui em Londres e dessa viagem MARAVILHOSA que fiz. Juro!! Foi muito, muito, muito legal. Sabe quando você sabe que vai ser legal, mas é surpreendida com algo ainda melhor?! Pois foi assim. Tudo começou com a semana show na Holanda, que já contei bastante sobre ela e depois as duas semanas aqui nessa cidade sem igual. Londres é DEMAIS!!!

 

Cheguei aqui no sábado, dia 29 de Abril. Eu vim para estudar inglês (eu faço curso no Brasil, na Rockfeller, mas queria vivenciar o idioma). Desembarquei um pouquinho antes das 2 da tarde na Terra da Rainha, mas antes preciso contar uma parada muito louca que aconteceu para vocês terem a noção que o mundo é uma ervilha. No aeroporto de Amsterdam, vindo para Londres, eu esperei todo mundo entrar no avião para depois entrar. Minha poltrona ficava no meio, e aí pedi licença para o mocinho que estava sentado na poltrona do corredor e ele, simpático, me perguntou se ali era o meu lugar (nos falamos em inglês), até que ele viu o livro na minha mão (com título em português) e perguntou se eu era brasileira. O papo foi mais ou menos assim:

 

Ele: Cê é brasileira?

Eu: Sou sim (já muito feliz de poder falar normalmente sem parecer um indiozinho)

Ele:  Vai fazer o que em Londres?

Eu: Vou fazer um curso de inglês!

Ele: Sério? Eu também!! Você veio pela Egali?

Eu: Sim!! Você também?? Não acredito!!

Ele: Sim!! Você vai ficar na Egali House?

Eu: Mentiiiira!! Vou!! Você também??!!

 

Gente, o mundo é muito pequeno!! O Flávio, que se tornou um grande amigo, veio de uma cidade mineira, fez escala em Amsterdam e eu saindo de lá, após passar alguns dias, pegamos o mesmo voo (isso que o meu voo tinha mudado o horário três vezes) e sentamos um do lado do outro. E ainda tem mais!! Depois que o pessoal da Base da Egali nos recepcionou na estação de metrô e nos levou até o prédio, descobrimos que iríamos dividir o mesmo apartamento!! Louco né?!

 

Ah, a Egali, para quem não conhece, é um empresa de Intercâmbio, bem bacana, que fez todo esse meu processo para fazer o curso de idiomas aqui. E uma das facilidades deles é que eles têm uma moradia própria, chamada Egali House. Tem essa opção em alguns países, super indico o trabalho deles!! Para conhecer um pouquinho, o Facebook é esse e esse  e o site    

 

Aqui em Londres os apartamentos ficam bem próximos de duas estações de metrô, o que facilita bastante, além de estar na Zona 2. E estão construindo uma nova estação bem na frente do prédio e deve ficar pronta em 2018, vai ser ainda melhor!!. O apartamento que fiquei tinha dois quartos, com três camas em um deles e duas camas no outro. Além de sala/cozinha, banheiro, sacada e tudo que a gente precisa, como geladeira, fogão, máquina de lavar roupas, louças, enfim, é muito bom!

 

Bem, quando chegamos no nosso apê, logo depois a outra moradora (que já estava ali antes), chegou. Era a Alê, outra fofa, que também se tornou uma grande amiga. E ela já nos convidou para sair. Ela queria conhecer um bairro chamado Shoreditch. Então, depois de um banho, fomos desbravar Londres. Esse lugar é bem diferente, descolado, com um pessoal mais alternativo, fomos durante a noite e estava bem movimentado, com várias opções de pubs, nós escolhemos um para comer, pois estávamos morrendo de fome (eu e o Flávio, viagem dá fome rsrs). Fomos em um chamado Hache . Pedimos nachos e burger.

 

 Alê, eu e Flávio - 1ª noite em Londres!! No Hache

 

 Meu burger

 

Nossa, estava muuuito bom (talvez minha fome tenha colaborado um pouco, mas era beeem gostoso). Não ficamos muito tempo lá para curtir a noite, logo voltamos para o apê e eu conheci as outras duas companheiras, a Adri e a Cecília, duas fofas também. Formamos uma família e foi tãããão bom compartilhar os momentos felizes com eles.

 

 Family do Flat 202 - Alê, Adri, eu, Flávio e Cecília <3

 

Antes de contar toda a experiência do dia a dia, quero falar algumas coisas de Londres, que ainda estão bem vivas aqui na minha memória e no meu coração: a primeira delas é que Londres é INCRÍVEL!!! (Já disse isso né? Mas não custa repetir rs).

 

 Londres, você é linda!!!

 

Gente, aqui em cada lugar que se vá tem um artista de rua dando show. Um melhor que o outro. Tipo, você está saindo do metrô e de longe já ouve aquela música, aquela voz linda... Tá andando na rua, vira a esquina e lá tem uma banda, um artista, teve momentos que tive vontade de sair dançando!! Em outras oportunidades, eu parei, sentei e fiquei admirando. É muito bom!

 

 Músico dentro do metrô

 

E quando você sai de uma estação e dá de cara com o Big Ben, com a London Eye??? Literalmente falando!! Meu, ninguém te avisa!! Você sai da estação Westminster e pá, lá estão eles!! Às vezes eu precisava me beliscar para ver que não era um sonho (na verdade era!!) Um dia eu parei por ali para esperar uns amigos, comprei um cafezinho e estava ali de boas, na frente do majestoso. Na hora que me toquei disso, tive vontade de gritar assim: “Cês tem noção de onde eu tô??!! Cara, to tomando café de frente para o Big Ben e o Parlamento Britânico!!” Mas não gritei não, consegui me conter, ufa! rs

 

 Em uma das saídas da estação Westminster, ele!! O Big Ben

 Na outra saída da estação Westminster, ela: a London Eye

 Eu não gritei, mas até tirei uma fotinho para registrar o momento rs

 Andando na chuva <3

 

Outra coisa que chama atenção em Londres é a diversidade do povo. Aqui tem representantes de todos os lugares do Mundo! Todas as culturas e costumes no mesmo ambiente, é muito legal! No metrô mesmo é onde você consegue perceber bem isso, observando cada um sentadinho lado a lado. Todos diferentes, todos iguais. E por falar em “observar”, aqui ninguém fica te olhando, te julgando pelo seu jeito, pelo que está fazendo, ou o que está vestindo. Ninguém fica te olhando de cima a baixo, mesmo que você esteja usando uma sapatilha rosa com bolinhas amarelas, meia verde, calça xadrez, blusa verde limão com caveirinhas coloridas, um chapéu de palha, com óculos pink, sem lente! Ah, e uma peruca lilás. Nem assim você será o centro das atenções rs.

 

Aqui eles também confiam bastante nas pessoas. Pra nós, brasileiros, parece um pouco difícil isso acontecer mas, por exemplo, tem uma rede grande de supermercados aqui, o Sainsbury’s, que você mesmo passa suas compras sozinho no caixa, você passa o código de barras dos produtos na máquina, coloca na sacola, paga na máquina mesmo e vai embora. Um outro exemplo, teve uma oportunidade também que compramos bilhetes de trem para Brighton e quando fomos passar pela catraca, não passou. Ao invés de desconfiar, os guardinhas deram uma rápida olhada no bilhete, abriram um outro portão pra gente e deu (aconteceu isso na ida e na volta). Já passei por situações parecidas no nosso país e a desconfiança é tão grande que, às vezes, você é impedido de fazer o que queria ou é obrigado a comprar outro bilhete, ou coisa parecida.

 

Outra coisa bacana daqui também! O povo respeita sua vez e seu lugar. Tipo, em todas as vezes que eu usei o metrô (e foram muitas) independente do movimento, quem está do lado de fora esperando para entrar, espera quem está saindo primeiro, sem aquele tradicional empurra-empurra. Chega o trem, ele para, as pessoas descem, e só depois as outras entram.

 

Por falar em transporte, caraca, que tapa na nossa cara, viu!! Tudo funciona, tudo é muito bem sinalizado, tudo é muito bem informado. Ahhh, e o Mind the gap between the train and the platform vai ficar eternamente grudado na sua mente! É pior que lavagem cerebral haha. Quanto ao mapa do metrô, quando você olha até se apavora, parece difícil, mas é super fácil e muito prático. Os ônibus double-decker são um charme a parte. Não tem como ficar perdido em Londres. É tudo muito organizado. Você está no ponto de ônibus e ali, no visor, fica informando quantos minutos faltam para o seu ônibus chegar. É assim nas estações de metrô, de trem...

 

Ahh, e comer!!! Bah, aqui você vai comer, heim! Não tem jeito!! Prepare-se para o excesso de quilos no retorno! São muitas opções de coisas gostosas que você come com os olhos. Não dá para se controlar, sério! E além das coisas bonitas e gostosas, tem coisas baratinhas. Tipo, em alguns lugares você pode comprar uma refeição que eles chamam de “meal deal”, você escolhe um trio, que é um lanche (sanduíche, macarrãozinho pronto) + 1 bebida + 1 snack (tem frutas, salgadinhos, bolachinhas), você escolhe um de cada e paga 3 pounds (para eles é como se fosse 3 reais, pensa assim, sem converter). Tem coisas, como uma caixa com 4 picolés Magnum por 1 pound, 2 pounds, é meio inacreditável, né?! Dá vontade de levar tudo!

 

 Só para ter uma pequena noção... Tiramisù

 Eu e Alê na Bella Itália (um pouco carinho ali, mas é bom)

 Crepes!!! Diliçaaa

 Sensations

 

Ah, gente, tem uma tal loja chamada “Poundland”, tipo o nosso antigo 1,99, lá é tudo 1 pound... Mas tem tanta coisa boa!!! Se pudesse voltar com 6 malas, teria investido meus pounds lá rs. E falando em baratinho, tem a Primark, que é uma loja de departamentos, com preços super acessíveis. Vai na da Oxford! É mara!!

 

E claro, Londres tem a beleza e o deslumbre de Londres! Deslumbre mesmo, eu meio que andava com a boca aberta, queixo caído o tempo todo, só sussurrando: “nossa, que lugar lindo”, “nossa, que cosa linda”, “nossa, o que é isso?!”. Só vindo aqui e andando pelas ruas para saber como é essa sensação, não dá para demonstrar através de fotos e vídeos, não dá... Sem contar os Museus, né? E a maioria de graça!!! É demais!!

 

 London Eye <3

 Londres a noite

 Vou sentir saudade dos esquilinhos

 

Depois vou contar mais detalhes de cada lugar que fui, da escola, das pessoas, mas agora, quando o relógio do aero está marcando 1:22 da manhã, vou parar um pouco de escrever, pois os dedos já estão duros (estou escrevendo no caderno e dói um pouco rs)

 

 Relógio marcando 1h22...

 Noite longa aqui no aero...

 

Até o próximo post!!

 

Beijoka’s

 

Simone Malagoli

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja também

Please reload