• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Fluss Haus, um lindo e delicioso passeio

31.08.2017

 

Domingão foi dia de conhecer mais um lugar fantástico da nossa bela Santa Catarina: a Fluss Haus , que fica na cidade de São Martinho, Região Sul do estado.

 

Sobre a Fluss Haus

 

Famosa por seu almoço alemão e café colonial, com mais de 110 variedades, o local oferece aos frequentadores um ambiente encantador em meio à natureza, além de ter uma fábrica de bolachas, com produtos diferenciados, que dá vontade de comprar tudo. Mantendo a tradição da cultura alemã, a Fluss Haus é muito mais que apenas um “lugar para tomar café”, é um passeio completo para toda a família. E aqui vou contar um pouquinho de como foi a nossa experiência por lá.

 

IMPORTANTE!!!

 

Antes de tudo, se você estiver pensando em conhecer, tem que fazer RESERVA!! E com antecedência, viu?!

 

As reservas são feitas preferencialmente pelo telefone (48) 3053-4698 (e aí você já tira todas as dúvidas de horários e valores). O site é www.flusshaus.com.br

 

Como chegar?

 

Esse foi um assunto que falamos bastante rs. Até porque fizemos a reserva com quase um mês de antecedência e, durante esses dias, recebemos algumas informações sobre os caminhos. Nos aconselharam a não ir por São Bonifácio, pois a estrada de chão é bem ruim. E aí tinha a opção por Imaruí (que não aconselharam) e por Tubarão que, apesar de mais longe, a estrada é bem melhor. Enfim, como o dia estava bom e sem chuva nos dias anteriores, optamos por São Bonifácio mesmo. Já vou contar como foi!!

 

 O mapinha com as rotas

 

Nosso passeio

 

A reserva estava marcada para 15h30, como era a primeira vez por lá e não conhecíamos bem o caminho, saímos 10h de Palhoça (pelo caminho que optamos são 92,6 km de distância). Pegamos a BR-282 e fizemos a paradinha básica na Gruta de Nossa Senhora de Lourdes, em Águas Mornas. 10h50 pegamos a estrada novamente.

 

 Placa sinalizando a Gruta

 

 

No caminho ainda paramos em um mirante lindo, que tem essa cachoeira de fundo. Realmente esse caminho vale a pena, não é mesmo?

 

 

 

 

Depois seguimos pela SC-435 no sentido São Bonifácio, passamos pelo centro da cidade (não tem erro, é só seguir em frente) e aí logo, logo você vai ver essa placa:

 

 

Pois bem, aqui começa a estrada de chão, são 29 km de muitas subidas, descidas, curvas, pontes de madeira e muita, muita poeira!!! Em dias assim ensolarados, foi bem tranquilo de dirigir por esse caminho, mas acredito que, em dias de chuva, ou logo depois de um período com chuva, não seja muito aconselhável passar por ali.

 

 

 

Chegamos!!!

 

Chegamos super cedo, para falar a verdade, 12h30. O lugar é realmente lindo. Logo na entrada você já fica encantado (a), até as casinhas ou pousadinhas na frente, chamam a atenção. Olha isso:

 

 

 

 Entrada da Fluss Haus <3

 

 

 

Assim que chegamos, fui ver se estava tudo certinho com a reserva e informar que já estávamos por ali. O movimento estava bem intenso nesse horário, é o pessoal que fez reserva para o almoço. Como tínhamos bastante tempo, fomos conhecer o local. É tudo tão bonitinho, tão fofo, com vários ambientes para você desfrutar em meio à natureza. Tem lago de peixes, patos, têm tartaruguinhas, pavões (o branco eu acho que nunca tinha vistooo, lindoo!!), gruta, alguns cenários para tirar fotos, como o coração de flores, carroça, uma moldura gigante, que fica linda nas fotos, muitas flores e tem até uma casinha de boneca para a criançada.

 

 

Loja das bolachas

 

Não deixe de entrar lá, POR FAVOR!!! Você vai querer levar tudo!! É tudo feito com tanto cuidado, tanta delicadeza, que nem dá vontade de comer. Dá vontade de comprar as bolachinhas e deixar como decoração em casa!! Haha

 

Tem bolachas, chocolates, doces, pão de mel, geleias, queijos, bebidas coloniais, artesanatos, roupas típicas alemãs, enfim, é uma belezinha. E os precinhos são bem em conta. Dá pra encher as sacolinhas!! Hehe

 

O café colonial

 

Depois de passear (e descansar) bastante chegou o nosso momento “comer feito draga”. Nosso horário da reserva era 15h30, mas 15h15 ele já nos chamou. Nossa Senhora da Comida Boa!!! Gente, você nem sabe por onde começar quando olha para as delícias no buffet. São tantas opções que a gente quase desmaia de emoção hahaha

 

Comecei pelos salgados, depois doces, depois salgados, depois doces, depois os dois, e assim sucessivamente. Jesus amado!!! Queria ter um pouquinho mais de espaço para comer mais kkkkk. Aqui uma dica valiosa: eu fui com vestidinho beeeem soltinho, só assim a barriga não explode né, mores? Entendedores entenderão! De calça jeans apertada, JAMAIS!! Confia no que estou dizendo!! Haha

 

Não vou falar tudo que é servido lá, pois são muitas opçãos, mas aqui está o link com o cardápio do almoço alemão e café colonial (esse é o de sábados, domingos e feriados): cardápio

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fiquei encantada com o atendimento, todos vestidos com os trajes típicos alemãs e sempre com sorriso no rosto. Tudo é muito bem decoradinho, com detalhes que encantam. As mesas são limpas logo que as pessoas terminam e eu fiquei observando o cuidado que eles têm ao fazer isso, as toalhas são colocadas milimetricamente perfeitas. Enfim, foi tudo muito bacana.

 

Saímos de lá satisfeitíssimos e loucos para voltar.

 

Essa foi nossa vista pelo caminho na volta.

 

 

Obrigada Carolina, Neguinho e Valentina pela cia em mais um passeio showwwww <3

 

Beijos, e espero te incentivado vocês!!! rs

 

Até a próxima,

 

Simone Malagoli

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja também

Please reload