Veja também

Desbravando Malta – Marsaxlokk e St Peter´s Pool

Marsaxlokk, esse lugar com o nome difícil de pronunciar (e que parece que você está dando risada) é mais um lugar imperdível que você não pode deixar de conhecer quando for para Malta. Aliás, não é só um lugar, nesse post vamos conversar sobre dois lugares lindos e que você pode fazer de uma só vez! Vem comigo que eu te explico!! Hehe


Como chegar


Como a maioria dos lugares, principalmente para o lado sul/sudeste da Ilha, você pode pega r um ônibus até o ponto final de Valeta. E de lá você embarca para outros destinos. Como é o caso de Marsaxlokk e St Peter´s Pool. Vale lembrar que a sua passagem vale por duas horas, a partir da hora que você embarca no busão. Então não se esqueça de guardar seu ticket para usar o trecho seguinte.


Lá você vai pegar o ônibus de número 81 ou 85. Quando chegamos no terminal estava marcado que sairia do portão A6, mas “do nada” mudou para o A8, então é bom ficar bem atento (a).


No terminal em Valeta


Só lembrando: Gente, tem outras rotas para chegar lá. Vai depender de onde você estiver. Eu fiz essa opção, mas sempre vale você ter aí no seu celular o app do Google Maps, por exemplo, e aí você pode conferir as opções de chegar a determinado local a partir de onde você estiver.


Bem, de Valeta até Marsaxlokk dá, mais ou menos, 40 minutos. E o busão te deixa bem na “cara do gol”. Você já vai identificar o lugar quando se deparar com os barquinhos coloridos dos pescadores malteses, os famosos Luzzus. Na maioria desses barquinhos tem o “Olho de Osiris, que traz sorte e proteção. Claro que você vai encontrar várias lembrancinhas com esses “olhinhos” por lá para comprar. Eu comprei hehe


Os barquinhos coloridos tradicionais dos pescadores malteses

Olho de Osíris


E é exatamente lá no calçadão que você vai encontrar essas lembrancinhas, tem uma feirinha bem bacana por ali. Aos domingos tem o mercado do peixe, que é bem popular, mas como fui em dia de semana, não conheci. Mas vale muito o passeio mesmo assim.


Feirinha

Restaurantes e cafés

Os pescadores de Malta

Euzinha feliz da vida


Passeamos pela orla, e depois contratamos o serviço de barco para ir até St Peter´s Pool. Tem muitas barraquinhas por ali vendendo esse passeio.


Um doguinho lindo e sorridente

St. Peter´s Pool


Nós optamos pelo barquinho mesmo, mas também tem a opção de ir por uma trilha. Como nosso tempo era curtinho, por conta da aula a tarde, fizemos esse trajeto, que é mais rápido. Pagamos 10 euros, ida e volta, e já combinamos com eles o horário de retorno.


Já no barquinho

O lugar é paradisíaco, é um “buraco”, que forma uma piscina natural onde a galera costuma pular. Eu não pulei, mas fiquei lá admirando alguns “crush´s” que estavam se exibindo hahaha. Além disso você pode mergulhar nas águas cristalinas, sem precisar pular. Pode ficar confortavelmente (??) deitado (a) na rocha pegando um bronze no corpitcho.


St Peter´s Pool

Ah, leva lanchinho, bebidinhas, água e afins pois lá não tem onde comprar. Não esqueça do protetor solar, uma canga ou toalha, sorriso no rosto e sua câmera fotográfica para registrar tudinho.



No barquinho de volta tinha uma turminha italiana bem animada, fomos cantando até Marsaxlokk hehe.


A italianada no barco de volta


De lá, pegamos o busão no mesmo lugar da chegada, seguimos para Valeta e depois St Julian´s.


No meu instagram @simonemalagoli tem muitos vídeos nos destaques do stories (tem Malta 1 e 2, com bastante informações e imagens que vão te fazer comprar uma passagem rapidinho para Malta rs)


E aproveite para fazer a sua reserva de hotel pelo Booking neste link e dê uma força para o Blog, sem gastar nada a mais por isso <3


Beijos e até a próxima,


Simone Malagoli




Veja também


A ida, a surpresa e os perrengues


Desbravando Malta


Desbravando Malta - Sliema e o lar dos gatinhos

  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon