Veja também

O ar puro e a superação de limites na Pedra Branca de Alfredo Wagner

Sabe aquele final de semana que você passa inteirinho de pijama indo do sofá para a cozinha, da cozinha para o quarto, do quarto para a sala? Pois é, também não sei kkk.

No final de semana eu vivi experiências maravilhosas e claro, vou contar tudinho para te inspirar e fazer você sair um pouquinho da zona de conforto e viver momentos incríveis.


Para começar...


... Preciso falar um pouquinho do “Casal na Montanha”. Um dia cheguei na rádio que trabalho e o Léo Marques me contou todo empolgado sobre eles, pois ele sabe que eu curto bastante fazer trilhas, ter esse contato com a natureza. Na mesma hora já os segui no Instagram, depois encontrei a Fanpage e logo me interessei pelos eventos que eles realizam. Dei uma boa olhada e já vi um que daria para eu fazer. Seria um pouco diferente das trilhas “tradicionais” que eu costumo fazer, mas me empolguei!! Vi que uma amiga, a Léo Passig, costuma fazer esses eventos com eles, então já troquei uma boa ideia com ela, peguei muitas dicas, convidei minha amiga Pri, que topou na hora e começamos a contagem regressiva hehe.


A descrição do evento era a seguinte:


E vai ter festa na montanha SIM! Festa junina na Pedra Branca em Alfredo Wagner! Você não pode perder!


Nesse acampamento "junino" vai ter quentão, pinhão, paçoca e luau com violão! Traga a sua bebida predileta e vem festejar com a gente!


NO SÁBADO: Deslocamento até o acampamento base na Pedra Branca. (local com estrutura de banheiro com chuveiro quente, cozinha e energia). Após confraternização com fogueira, violão será servido quentão cachorro quente e pinhão cozido. A tarde será livre para contemplação do local e festa junina


*(Também há a opção de aluguel de quartos, consulte-nos)


O HIKING DE DOMINGO :


OPÇÃO 1: TRILHA LEVE

Uma prazerosa caminhada fotográfica até a cachoeira do cânion escondido + mirantes da pedra branca, com cerca de 5km de caminhada total, vamos percorrer os campos para fazer belas fotos neste lugar mágico!


OPÇÃO 2: TRILHA MODERADA

Trajeto de 16 km com aclive de 900m, feito tranquilamente em 8 horas, com paradas de lanche, ponto de água e observação da paisagem.


Valor: R$130 por pessoa

VAGAS LIMITADAS


INCLUSO:

2 GUIAS CADASTUR

Taxas de acesso a terreno particular

Camping

Cachorro quente, copo de quentão e pinhão

Apoio de veiculo 4x4


ITINERÁRIO


SÁBADO:


13:00 - Recepção no Restaurante Salto das Águas

14h- Saída para o Camping na Pedra Branca: trajeto de 6km na br-282, e 17km de estrada de chão, em comboio (veículo próprio).

15h - Chegada no acampamento base, montar acampamento e curtir a festa de São João!

16h - A música começa e mais algumas surpresas de festa junina!

17h- Acenderemos a fogueira e será servido QUENTÃO E PINHÃO!

19h -Jantar de Montanha


Domingo


8H Desmontar acampamento

9H Pé na trilha

12H - Previsão de retorno ao restaurante Salto das Águas ( almoço de encerramento opcional)

Não tem equipamentos de camping? Alugamos pra você ( barracas, isolantes e sacos de dormir)

Também há opção de alugar um quarto na Pousada Vô Chico.


Você diria não para um evento desses? Não tem como, né?! rs


A ida


Saímos de Palhoça no sábado, às 11h15, e chegamos no ponto de encontro, Restaurante Salto das Águas, às 12h45. Aliás, lá tem um parque aquático muito legal, que eu vou querer conhecer, com certeza!


Pelo caminho

Não entra em Alfredo Wagner, passa reto hehe (nós entramos, pois o Google Maps mentiu pra gente kkkk)

Restaurante Salto das Águas

Parque Aquático

Lá conhecemos a Vanessa e o Renan (do Casal na Montanha) e as outras duas meninas que iriam se aventurar também. Como estávamos em poucas pessoas, a Vanessa conversou com a gente sobre a possibilidade de fazermos um só itinerário, já que eu e minha amiga iríamos fazer a trilha mais leve. Mas aí decidimos tentar encarar a maior, para fazer com todo o grupo. Seja o que Deus quiser! Hehe


Saímos em comboio do restaurante às 13h30 e seguimos para onde seria o acampamento. Seguimos pela BR-282 por 6 km e depois entramos em uma estrada de chão por 17 km. Sim, o acesso não é tão fácil, mas o visual é muito lindo. Relaxa e vai curtindo a paisagem, balançando um pouco por conta dos buracos (veja nos destaques do stories do meu instagram alguns vídeos), mas com certeza você vai ter uma ótima surpresa quando chegar no destino.


Pousada Vô Chico

Nossa, que lugar lindo!!! Você chega lá e não sabe para onde olha, você está, literalmente, cercado pela natureza.


Lindo né?

Esse é o Pinhão

Essa é a Campolina

Lá atrás: a Pedra

Conhecemos o Sr. Francisco, proprietário, um fofo, querido. Aliás, você pode reservar a pousada para passar dias agradáveis lá, o telefone é (47) 98912-5182


Bem, além de se encantar com o local, nós também tivemos o momento “uau, nossa senhora, sério?!”, quando vimos o “tamanho” da pedra que iríamos subir no dia seguinte, não só o tamanho, mas a distância que iríamos percorrer. Eu e a Pri só nos olhamos e falamos na hora: “Vamos tentar, se não der, a gente para e espera no meio do caminho, mas vamos!!” rs


Lá a pedra e aqui a nossa barraca


Mas estávamos super eufóricas, o pôr do sol foi lindo, o clima estava muito agradável e estávamos curtindo cada momento.


Eu e a Neném <3

Pri e eu

Mulherada poderosa

Que tal?!

A caipirinha delícia da Vanessa

A barraca


Era a primeira vez que iríamos acampar (eu já tinha acampado, mas foi na praia, com aquelas barracas gigantes, que parece casa rs), assim, seria a primeira vez. E o “pior” é que só eu e a Pri tínhamos optado por isso, pois as outras meninas escolheram ficar na pousada. Enfim, tudo certo! Nós alugamos os equipamentos com eles (a barraca, saco de dormir e protetor térmico), e eles montaram pra gente também, super prestativos. Mas, teríamos uma surpresinha durante a noite... Já conto hahaha.


Barraca modelo Nepal da Aztec para 2 pessoas


Arraiá e muito mais


Como eu disse o clima estava muito bacana, apesar de poucas pessoas, assunto não faltou. Imagina, 5 mulheres, ou melhor 6 menininhas, pois preciso incluir a Neném linda e 1 homem. Mulherada quase não fala né? hehe


Amei a cia de todos, tomamos um café gostoso, a Vanessa preparou uma caipirinha de responsa, um pinhãozinho delicioso para acompanhar o pôr do sol e aguardar a chegada da lua. Logo depois acenderam a fogueira, tomamos quentão conversando ao redor do fogo para esquentar a noite fria, enluarada e estrelada <3. E ainda foi servido um cachorro quente para a turma. Tudo muito perfeito. E tudo isso foi organizado pelo Casal na Montanha ( a Vanessa e o Renan). Muito legal.