• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Desbravando Malta: Um dia na Ilha de Gozo e o mágico Café del Mar

02.10.2018

Dos lugares que programamos conhecer durante o intercâmbio em Malta, a Ilha de Gozo era o destino mais distante de onde estávamos (em St. Julians), por isso, deixamos um dia todinho livre para aproveitarmos bem – ou tentar, né? rs. Resumindo: matamos aula neste dia (estava dentro do permitido, 85% de frequência hehe).

 

Como chegar

 

Como já contei nos posts anteriores, nós utilizamos muuuuito o transporte público de Malta e, dessa vez, não foi diferente. No mesmo “bat ponto” de St. Julians pegamos o ônibus 222 (lotaaaaaaaaaaaaaadoooooo, para ter uma ideia, só nós conseguimos entrar, muita gente continuou no ponto). A viagem é um pouquinho longa, um pouco mais de uma hora no busão. Descemos no ponto final desse ônibus, que é no terminal de Cirkewwa. Lá saem as embarcações para as ilhas de Gozo e Comino. Bora!!

 

No terminal de Cirkewwa

 

Descendo do busão, é só seguir a placa de entrada do ferry para Gozo. Você pode entrar direto, só paga na volta. É assim mesmo (na volta, paguei 4,65 euros). Ah, vale lembrar que do lado de fora tem um monte de gente te oferecendo passeios e tal, nós fomos com a orientação de não comprar ali, pois nosso amigo teve um problema de comprar ticket do Hop On Hop Off ali e teve problema quando chegou em Gozo, então, deixamos para comprar o nosso lá na Ilha mesmo.

 

 Entrada do Ferry

 Já no Ferry

 

Gente, achei o ferry boat maravilhoso!!! E muito barato! Fiquei chocada com o serviço oferecido e o preço! Muito bom!! Você já vai curtindo a viagem ali mesmo. A vista é maravilhosa! E ainda tem cafeteria e tudo. Bem massa! Ah, o trajeto leva, em média, 20 minutinhos.

 

 Curtindo o visual do "caminho"

 

Chegamos em Gozo, e agora?

 

Então, Gozo tem muitas coisas para ver e conhecer, só um dia é claro que é pouco, mas era o que tínhamos e, para aproveitar da melhor forma, optamos pelo ônibus Hop On Hop Off, que além de ser bem prático, tem áudio guia em português. Compramos o bilhete logo na saída do terminal. Não esqueçam de pedir desconto para grupos, nós pagamos 10 euros/cada, em um grupo de 5 pessoas. O valor normal era 18 euros...

 

 

 

Azure Window

 

Com o mapa em mãos (você ganha um no busão, para ir seguindo o trajeto e horários do ônibus) decidimos ir primeiro na Azure Window, ou melhor, no lugar onde tinha a Azure Window. Infelizmente, no dia 08 de março de 2017, ela desabou por conta de uma forte tempestade :( Esse era um dos pontos mais visitados da Ilha, principalmente porque foi lá que gravaram cenas marcantes da série Game Of Thrones. Mas, mesmo assim, segue sendo um local bem turístico. E é lindo, vale a pena descer lá.

 

 A caminho da Azure Window

 

Logo na chegada tem uma capelinha, que é a Sant Anna. É pequena e uma graça. E o ambiente em torno dela é inspirador. O contraste do azul do mar com as rochas é bem incrível.

 

 

 

 

 

 

Ali da capela, descemos um pouquinho para chegarmos próximo do local onde estava a Azure Window (a janela azul). É muito engraçado andar por lá, parece que estamos andando na lua (não que eu já tenha ido para a lua hahaha, mas tem muuuitas crateras).

 

 Olha as crateras aí, gentemmm

 

 

 E aí a pessoa sobe ali...

 ... e depois não sabe como descer hahaha

 Esperando o resgate kkkk

 

Apreciamos o lugar mágico, tiramos muitas fotinhos e bora entrar no Hop On Hop Off para desbravar um pouco mais essa ilha.

 

 Os horários do ônibus por lá...

 

Igreja de Nossa Senhora de Ta´Pinu

 

O bom desse ônibus de turismo é isso, você vai aproveitando e conhecendo tudo pelo caminho, o áudio em português ajuda bastante. O bom também é que eles tem paradinhas de alguns minutos em alguns lugares, como é o caso da Igreja de Nossa Senhora de Ta´Pinu. Aí você desce, fica por alguns minutos lá, o motorista avisa, e depois sobe no mesmo ônibus e segue a viagem.

 

 

 

Essa igreja tem muitas histórias e é linda. Os primeiros registros da capela são de 1534 e, conta uma lenda, que em 1575, a igreja foi fechada e foram dadas ordens para a demolição, mas dizemmm que na primeira marretada, o operário perdeu o braço, isso foi entendido como uma mensagem dos céus e por isso a igreja continua ali, firme e forte! Além disso, muitas pessoas, ao longo desses anos, relatam alguns milagres vivenciados ali. Por tudo isso, vale a paradinha.

 

 

Cittadella

 

Outro lugar imperdível que você precisa colocar aí na sua listinha quando for para Gozo é a Cittadella. O lugar me lembrou bastante Mdina. Com seus muros gigantes, a Cittadella, também conhecida como Cidade Castelo da idade do bronze, fica em Victoria. E a vista lá de cima é show!

 

 Entrada da Cittadella

 

 

 Lá de cima...

 

 

 

Lá tem restaurantes, igrejas, museus e uma prisão antiga. Nos perdemos pelas ruazinhas estreitas e beges da Cittadella e almoçamos em um dos restaurantes de lá.

 

 

 

 

 

 

 

Lugar debochado, comidinha boa e com precinho bacaninha também.

 

Mixta Cave – Ramla Bay

 

Bem, sempre que viajo, eu pesquiso bastante, o máximo que puder, sobre os lugares. Vejo tudo, vídeos, fotos, textos, tudo, tudo. Aí, um lugar que eu coloquei na minha cabeça que queria ir, era a Mixta Cave, que é uma “janela” com um cenário incrível de fundo. Já vou mostrar pra vocês!

 

Para chegar até lá não foi muuuuito fácil, mas também não é difícil. Fomos com o ônibus Hop On Hop Off até a praia de Ramla Bay, que fica no Norte da Ilha de Gozo.

 

Ramla Bay 

 

Chegando na praia só eu quis ir até a caverna hehe. Meus amigos não quiseram ir e eu me aventurei sozinha. Olhando para o mar, a trilha de acesso para a Mixta Cave fica à sua direita. Caminhei até lá e iniciei a subida, logo depois tem uma parte com duas opções de caminho, devo ter feito uma cara de perdida, que “do nada” apareceu um senhor querido que me perguntou onde eu queria ir, apontei para a caverna. Ela tentou me explicar, meio que em inglês, meio que em Maltês. Eu até tinha entendido um cadinho, mas ele não teve muita confiança nisso e resolveu me levar até lá. Ele subiu na velocidade 5 do creu hahaha. Eu cheguei lá colocando os bofes pra fora, mas cheguei. Que lugar lindo!!! O tiozinho ainda tirou 62 fotos pra mim hahaha.

 

 Mixta Cave

 

 

P.S. Mas se você não tiver a sorte de encontrar o tiozinho, é bem fácil chegar lá. Nessa parte, logo no início, que tem duas estradinhas, você pega a da esquerda, tipo costeando o mar mesmo. Depois é só seguir a trilha. Tranquilo. Dizem que o pôr do sol lá é lindo. Não fiquei para ver :(

 

Depois voltamos até o terminal, compramos o bilhete (lembra que é na volta, né?) do ferry e voltamos para Malta.

 

 Ainda curtindo o visual direto do Hop On Hop Off

 

 Tá vendo o valor ali? 

 Voltando encantada <3

 

Café Del Mar

 

Como ainda era dia quando chegamos no terminal de Cirkewwa, decidimos ir em outro lugar que estava na “listinha”: o Café Del Mar. Ligamos para saber se estava aberto nesse dia (uma quinta-feira), pesquisamos no Google Maps para saber a melhor forma de chegar até lá a partir do local que estávamos e fomos.

 

Chegamos lá bem no horário do pôr do sol. Pensa em um lugar lindoooooo!!! Uma piscina com borda infinita com vista para o mar e para o pôr do sol. Cenário incrível!!!!

 

 

 

 

 

 

 

Bem, não precisamos pagar para entrar. Compramos uma bebidinha e ficamos um pouco lá curtindo o visual. Na realidade, na hora que compramos o drink eles nos avisaram que já estava fechando. Ou seja, foi uma e a única bebidinha hehe.

 

 

 

 Que visual, heim?!

 

 Um drink rs

 

 Aquela foto no espelho que você respeita rs

 A noite chegando... <3

 

Então, gente, o Café Del Mar é um lugar imperdível para conhecer quando estiver em Malta. É lindíssimo, mas eles possuem vários horários e atrações, dependendo se é temporada ou não e também dependendo do dia. Então é bom consultar o site deles ou ligar para se informar certinho.

 

 

P.S. No meu insta, tem vários vídeos sobre esse dia maravilhoso. Só clicar no destaque de Malta <3

 

Ahhh...

 

... Cês gostaram das dicas? Então bora ajudar o blog!! Hehe Faça sua reserva no Booking através do nosso link. Você não vai pagar nada a mais por isso e vai nos dar uma forcinha para continuarmos dando várias dicas <3

 

Beijinhos e até a próxima,

 

Simone Malagoli

 

Veja mais sobre Malta

 

A ida, a surpresa e os perrengues

Desbravando Malta

Desbravando Malta - Sliema e o lar dos gatinhos

Desbravando Malta – Marsaxlokk e St Peter´s Pool

Desbravando Malta – Mdina, a cidade do silêncio

Desbravando Malta - A capital Valletta

Desbravando Malta - Popeye Village e Golden Bay

Desbravando Malta - Comino e a sua Blue Lagoon

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja também

Please reload