• White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White Twitter Icon
  • White YouTube Icon

Eu conheci o Pantanal...

07.06.2019

... Sério, que alegria!! Eu conheci o Pantanal!!! Se você também se lembra da novela Pantanal vai sentir essa mesma emoção, tenho certeza hehe.

 

Foi um passeio de apenas um dia, mas já valeu muuuuito!! Vou te contar tudo, bora lá?!

 

Muito Bonito Tour Office & Lodge

 

Toda a programação da minha viagem para Bonito e região foi organizada pela Muito Bonito. Inclusive eles também têm uma pousada bem no centrinho de Bonito e foi lá que eu fiquei. E o trabalho foi maravilhoso! A única coisa que eu precisei fazer foi aproveitar cada segundo dessa viagem linda. Sem me preocupar com nada. Tudo estava programado.

 

E eu sempre falo da importância de fazer seu roteiro por lá com uma agência de turismo, pois em todos os lugares turísticos você precisa ter reserva. Se deixar para fazer isso quando chegar lá corre o risco (e bem provavelmente é isso que vai acontecer) de não ter vagas. Pois lá é tudo bem controlado, limitado e organizado.

 

Pois bem, quando eles sugeriram o roteiro e eu vi que tinha o passeio para o Pantanal, eu fiquei muito feliz! Que sonho!!!

 

O Day-Use na Fazenda San Francisco foi agendado para o meu terceiro dia por lá. Já conferiu os outros passeios? Confira nos links abaixo:

 

 

O horário marcado para a van, da Vanzella Viagens e Turismo, era às 5 da manhã. Sim, bem cedinho mesmo. E prestem atenção nisso: como ainda não era o horário do café da manhã na pousada, a Paty, da Muito Bonito, pediu para deixarem uma “marmitinha” pronta pra eu levar. Com pão quentinho e tudo. Olha só que bonitinhos <3

 

A ida para o Pantanal

 

Às 5h eu já estava dentro da van, depois passamos pelos outros hotéis e pousadas para buscar as outras pessoas. 5h30 já estavam todos prontos a caminho do Pantanal!!

 

De Bonito até a cidade de Miranda (a que fomos) dá 180 km. Fizemos uma parada de 20 minutos para um café no meio do caminho e às 08h15 chegamos lá.

 

Fazenda San Francisco

 

Com 14.800 hectares de natureza preservada, esse lugar vai te deixar encantado(a). Enquanto a van se encaminhava para a entrada, os olhinhos ficavam vidrados na janela admirando tudo. Logo de cara a gente já vê muitos animais por lá. É muito legal.

 

 Através da janelinha da Van

 

Fomos recepcionados pelo guia que nos deu algumas informações importantes e também nos mostrou os locais, como a piscina, as redes para descanso, o restaurante, enfim... Depois desse primeiro contato, partimos para a nossa primeira atividade do dia: o Safári.

Antes preciso dizer que lá na fazenda são várias opções de passeios, atividades, até hospedagem também. O meu passeio foi o Day-Use, que inclui:

 

  • Safári Fotográfico & Trilha do Caranda;

  • Passeio de Chalana com pescaria de piranhas;

  • Almoço pantaneiro;

  • Happy-hour (lanche com caldo de piranhas);

  • Acompanhamento de Guia Pantaneiro e Seguro Passeio.

 

Veja no site www.fazendasanfrancisco.tur.br todas as informações da Fazenda.

 

 Pai, mãe, estou no Pantanal!!! 

 

Safári

 

Enquanto esperávamos, os periquitos-de-cabeça-preta fizeram um show pra gente hehe. Barulhentos e lindos eles fizeram a nossa alegria e nos acompanharam no início do safári hehe.

 

 Olha só a quantidade ali no chão. Na foto eles parecem comportadinhos hehe

 

Já com todos devidamente sentadinhos no caminhão, câmera na mão e ouvidos atentos nas explicações dos guias.

 

 

 

Para ver os animais, que vivem livres por ali, é preciso ter sorte. Nós conseguimos ver jacarés, cervos (vááários), capivaras, tuiuiú, enfim, mas a expectativa (e o medo) era de encontrar alguma onça. De acordo com o guia, atualmente 14 onças vivem lá na fazenda, mas como elas tem hábito noturno, durante o dia é quase impossível avistar alguma.

 

 

 

 

Além do trajeto que é feito com o caminhão, tem também uma trilha suspensa que a gente faz a pé, são 700 metros, que permite que a gente aprecie o encontro de águas do Corixo São Domingo com o Rio Miranda. (Já vou falar mais sobre os mosquitos, mas nessa parte mesmo é MUITO IMPORTANTE que você não se esqueça de passar repelente. Sério, depois não diga que não avisei haha).

 

 

 

 

 

 

 

Ah, e nessa pequena pausa, a guia Eliane e “motorista da vez” do caminhão, fez uma pulseirinha de carandá e me deu. Fofa.

 

 

Voltamos para o caminhão e seguimos com o nosso Safári. Esse passeio dura em torno de 2h30min. É muito bacana.

 

 

Descanso e almoço

 

De volta para a sede da fazenda, tivemos um bom tempo livre. Nesse momento você escolhe se quer aproveitar a piscina, se quer cochilar um pouquinho nas redes ao som dos pássaros ou se quer ficar passeando por lá, curtindo o local, admirando os bichinhos. Eu descansei um pouquinho, mas fiquei super atenta ao movimento, conhecendo vários detalhes e lugares da fazenda, inclusive tive a sorte de ver, chegar bem pertinho e ainda alimentar as duas ararinhas lindas que apareceram por lá depois do almoço.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pois é, nesse tempo “livre”, o almoço pantaneiro foi servido. Uma delícia. O legal é que eles nos chamam para almoçar com o berrante hehe.

 

 

 

Bem, todos com barriguinha cheia, descansados (ou não hehe), hora de seguir para a nossa outra atividade: PASSEIO DE CHALANA!!!! (Ahhh, não tem como não começar a cantar mentalmente a música do Almir Sater, né? ... Lá vai uma chalana, bem longe se vai.... rsrs).

 

O Passeio de Chalana

 

Lá fomos nós passear de chalana (aiii, nem acredito). Que passeio gostoso. Que cenário incrível. O dia estava absurdamente lindo. O reflexo das poucas nuvens na água, aquele verde nos cercando, que paz. Nossa! Só agradecer mesmo por essa oportunidade.

 

 

 

 

 

 

 

Mas, pensa que é APENAS um passeio tranquilo? Nada disso!! Ao longo do trajeto, nós tivemos vários “shows” hehehe.

 

Os guias de lá são demais. E eles são super amigos dos animais. Conhecemos os gaviões, o Nego, o Belo e tem até a Gisele hehe. Inclusive eu consegui captar um voo certeiro do Nego em busca do peixe. Tá no meu insta. Confere lá. É demais!! Eles também nos apresentaram para os jacarés – oin, conhecemos o Lulinha, que não tem um bracinho, é um fofo <3. Teve até pesca de piranhas (dessa eu não participei rs). Foi tudo muito legal. Amei.

 

 

 

Retorno

 

Retornamos para a sede e ainda nos serviram um café bem gostoso e com caldo de piranha. Tudo isso embaixo da sombra das árvores. Que delícia.

 

Foi um dia incrível! Jamais vou esquecer.

 

E você tem vontade de conhecer o Pantanal? Entre em contato com a Muito Bonito, faça um orçamento e conheça esse lugar incrível e abençoado. Tenho certeza que você vai amar.

 

Dicas importantes

 

Para esse passeio Day-Use vá com roupas e calçados bem confortáveis (geralmente faz calor por lá);

 

Use protetor solar e repelente (muito repelente, tô falando bem sério. Tem muito mosquito lá. Mesmo com repelente, uns engraçadinhos conseguiram me picar hehe);

 

Você pode levar petisquinhos e água (bebidas eles vendem lá, tá? Inclusive no safári e no passeio de chalana, você pode comprar água, refri ou cerveja);

 

Se você quiser entrar na piscina, leve roupa de banho e toalha (lá também tem para alugar);

 

E claro, sua câmera/celular para registrar os bons momentos;

 

No mais aproveite muito, pois é um lugar incrível.

 

Beijos e até a próxima,

 

Simone Malagoli

 

Gostou das dicas? Faça sua reserva através do nosso link no Booking e nos ajude a continuar 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Veja também

Please reload